[  Serviços  ]

Serviços oferecidos:
- Avaliação, diagnóstico, orientação e tratamento psicológico baseado em evidências.

 

 

Foco do trabalho:
- Redução de danos e promoção de saúde mental e qualidade de vida.

 

 

Público atendido:
- Adultos com transtornos relacionados a ansiedade, bipolaridade e depressão;
- Adultos saudáveis com problemas emocionais, comportamentais e de relacionamento (conjugal, familiar e/ou interpessoal).

 

 

Abordagem e técnicas terapêuticas:
- Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC);
- Psicoeducação, Mindfulness (Atenção Plena), Regulação Emocional e Modificação do Comportamento.

 

 

Modalidade de atendimento:
- 100% Online: por meio de videochamada em plataforma virtual.

 

 

Características das consultas:
- Cada consulta psicológica tem duração de 50 minutos, tendendo a ocorrer semanalmente em dia e horário agendado;
- As consultas tendem a ocorrer sem atrasos, ou com atrasos mínimos em casos excepcionais;
- A primeira consulta constitui-se em entrevista inicial, análise da demanda do paciente e definição dos objetivos do tratamento;
- As consultas seguintes envolvem a conceitualização do caso, o desenvolvimento da psicoterapia e possíveis avaliações psicológicas.

[  Fatos e Dados Sobre Saúde Mental  ]

Ansiedade icon.png

Ansiedade

A ansiedade faz parte da vida, mas pode se tornar um transtorno quando ocorre de modo exagerado. Nesses casos, a ansiedade não desaparece e pode piorar com o tempo. Os sintomas podem interferir nas atividades diárias, no trabalho e nos relacionamentos. Existem vários tipos de transtornos de ansiedade e de tratamentos.

Bipolaridade icon.png

Bipolaridade

O Transtorno Bipolar envolve mudanças de humor, que variam entre os extremos da euforia e da tristeza. A bipolaridade está associada com problemas cardíacos, diabetes, obesidade, entre outros. Em casos extremos pode levar ao suicídio. Existem tratamentos psicológicos e farmacológicos eficazes.

 

depressão icon.png

Depressão

É um transtorno mental comum, que acomete mais de 300 milhões de pessoas no mundo, sendo 11,5 milhões no Brasil. Atualmente, representa a principal causa de incapacidade no trabalho e, em casos, graves pode levar ao suicídio. Existem tratamentos psicológicos e farmacoló-gicos eficazes.

 

Esresse icon.png

Estresse

O estresse afeta a todos, mas nem todo tipo de estresse é ruim. Em situações normais, ele pode nos preparar para enfrentar desafios ou ameaças à nossa sobrevivência. Em condições patológicas, o estresse pode se apresentar nas formas aguda e o crônica. O estresse prolongado pode prejudicar problemas de saúde já existentes, ou mesmo provocar doenças.

 

Desregulação emocional.png

Desregulação emocional

A dificuldade de lidar com certas situações (ex.: perda de emprego ou término de relação), processar e controlar as emoções é definida como desregulação emocional. O tratamento envolve o desenvolvimento de estratégias de enfrentamento, manejo e controle da intensidade emocional.

 

 

Risco de suicidio icon.png

Risco de suicídio

No mundo, uma pessoa comete suicídio a cada 40 segundos, sendo esta a segunda maior causa de morte entre os jovens. Estima-se que para cada pessoa que cometeu suicídio, outras 20 tentaram. A tentativa prévia é o fator de risco mais relevante para o suicídio real. Relatos de intenção suicida não devem ser ignorados ou tratados como forma de se "chamar a atenção".

"Não importa o que a vida fez de você, mas o que você faz com o que a vida fez de você"

(Jean-Paul Sartre)